Mulheres de Faces (conhecendo) #1 – A atrevida

Timidez não está em seu dicionário. Possuem e formam opiniões.

Roubam a cena, chegam decididas, dominadoras fazem com que qualquer homem se sinta um menino ou lobo, audaciosas, ultrapassam limites, provocam fantasias, são fortes, guerreiras, ousadas, possuem braços envolventes que retém tudo a sua volta, são honestas com os seus princípios, fieis a eles e despertam o desejo.

A mulher ao redor da atrevida vê seu brilho apagar-se, geralmente busca a heresia, traz à tona qualquer possível exagero, sem brilho fala, critica e sapateia por causa da atrevida. É delicioso, falem bem ou mal, mas falem dela, a propaganda do boca a boca prova o impacto, a atrevida ganhou o espaço, os olhares e a atenção de todos.  E a mulher, com seu brilho perdido, percebe que foi usada como um peão.

Homens que concordam com a blasfêmia, possuem interesses, que o fazem concordar, que por uma simples razão, a natureza, discordariam, já estão hipnotizados.

Ela irá analisar o alvo, compara-lo, pode descartá-lo. Ela irá escolher, terá nada mais do que o melhor, e sua opinião pode variar com uma enorme facilidade, pouco constante, mas decidida sempre.

A mulher atrevida é social, tem mais amigos do que amigas, entende que as mulheres são traíras [veja Projeção (psicologia)]. São fantásticas amantes, e em boa parte defendem a relação aberta.

Ser atrevida é um risco, nem sempre bem controlado por elas. Quando perdem o respeito, principalmente o próprio, acabam tendo resultados trágicos, acabam denegrindo a imagem feminina, e deturpando a visão do “homem” sobre sexo feminino.

Mas todo o risco tem a sua arte, a mulher precisa ser atrevida, ela que hoje tem todos os seus direitos conquistados, tem que optar, opinar, escolher…

Mulheres atrevidas sabem que não existe príncipe encantado, mas sim a felicidade de saber que podem tentar.

Irão escolher e não se submeter.

São as mulheres que fazem o que querem, no momento que querem e como querem. Podem PARECER frias, muito diretas e “fáceis” ( por muitas vezes tomar a frente do homem em questão a atitude ), mas não se enganem, não foi você “homem” que “pegou”, foi ela que escolheu, foi ela que decidiu.

Mas neste jogo, jogam-se dois, onde do outro lado, possivelmente representando o sexo masculino, há um “homem” que por sua maioria, envolvera menos sentimentos do que ela. Perigo? Sim, a mulher nasceu para amar, e a atrevida acaba se entregando.

Atrevida tem um segredo, ela é atrevida nas duas primeiras páginas, se para ela, passar da segunda pagina, normalmente deixam de ter o controle da relação, se apegam mais rápido, talvez por ser tão audaciosa, chega o momento que ela perde a guarda, não abaixa, mas deixa se levar. O tamanho das páginas varia de mulher para mulher.

Se o “homem” não valorizar, ela esta bem gabaritada, sim, irá sofrer, mas se recuperara com maior facilidade, de volta a vida solteira, estará pronta para outra, mais rápido do que imagina.

Se o “homem” valorizar, poxa, segue em um mar de sucesso, companheira, apaixonada e atrevida, nunca submissa. Você ira adorar receber uma mensagem provocante dela, no meio de uma reunião. Não fingem, são dominadoras.

Normalmente possuem um gingado próprio para fugir da rotina.

Cada mulher tem suas faces, talvez você se identifique com esta, mas a mulher nunca se encaixa em uma só… Quero saber a opinião delas…

, , , , ,